quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Pé de que?


Dendezeiro (Elaeis guineensis), também conhecido como palmeira-de-óleo-africana, aavora, palma-de-guiné, palma, dendém (em Angola), palmeira-dendém, coqueiro-de-dendê. O fruto é conhecido como dendê.
Nasceu no Golfo de Guiné, sendo encontrado desde o Senegal até Angola. Veio pra Bahia e escolheu morar no Baixo Sul, que passou a ser conhecido como Costa do Dendê.
Uma das principais atividades econômicas da região. Três empresas compram toda a produção, que é extraída na mão grande. O trabalhador sobe numa peia, se segura com uma mão e com facão na outra, corta e derruba o cacho que é recolhido pelas empresas ou atravessadores que, como sempre, pagam miséria e ganham milhões. A vida produtiva dos trabalhadores desta atividade, é curta e sofrida. Homens de trinta com fisionomia de sessenta. Vez em quando um cai de lá de cima e se estropia; corte na mão, dedo amputado. Fim de vida. Encostado. O filho, vai no mesmo caminho. Cortador de dendê, de dendém. Ninguém se importa.
"...- bote uma colherinha de dendê pra dar o sabor".
foto: bg, nilo peçanha

3 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

Primaldo, preciso ir por aí. Enquanto isto, por conta do texto de hoje remeto quem aqui venha às fotos "para bernardo", "fumava" e "cancela" lá nos continhos. beijos

aeronauta disse...

Bernardo, conte essa história do "mico" do coelho aqui no blogue! Hilária!

Meninha disse...

Muito bom, Parabéns!

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas