segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Jacu*



Ontem fiz um texto de gozação a respeito da eleição em que meu candidato perdeu. Hoje, sem gozação nenhuma, posso dizer: dormi a noite toda mesmo depois de ver algumas pérolas da nossa política. A candidata que nos derrotou é esposa do ex-prefeito, inelegível por corrupção; ela é laranja dele, e foi sua Secretária de Saude por dez anos e ambos são responsáveis pela situação em que hoje se encontra o município, entre os piores Indices de Desenvolvimento da Bahia. A renovação da Câmara foi quase nula, ou seja, nada mudou. Minha cidade é apenas um exemplo. Leo Krete da Bahia foi eleita (o) em Salvador. Nada contra tavestis mas ser eleito apenas por ser, e por dar gritinhos no horário político? E Mamãe, foi eleita em Feira? mesmo que não tenha sido, corremos risco com: Lau, Kojack, Binho do Ganso, Ligeirinho, D'lua de Lua da Lua ( é isso mesmo!),Gegê Só Alegria, Carlinhos Zoião e outros menos votados. Estes não foram eleitos mas, e os que foram? que segurança o povo nos dá de que escolheu o melhor para nossas cidades? Fico pensando no comentário que Marcus Gusmão fez da minha zombaria de ontem: -"Estou tentado a achar que o Sábio Edson Arantes é que tinha razão". Caro Marcus: não tenho tanto cuidado quanto você; eu tenho certeza que Pelé está(va) certo e repito com todas as letras: o povo brasileiro não sabe votar! E NÃO APRENDE.
* termo regional que designa quem pede a eleição.


12 comentários:

Meninha disse...

Não tenho o que dizer, ainda estou sem palavras para o que aconteceu nesta região.

miro paternostro disse...

para quem vive fora, explique aí, aqueles nomes todos que você escreveu, sao mesmo nome de 'gente# que se candidatou e até mesmo foi eleito(a)? surreal!!!

Maria Paternostro disse...

Dessa vez não entendí nada sobre o que aconteceu na eleição daqui de Salvador.

aeronauta disse...

Há muito tempo "justifico" meu voto: acredito que esse é o verdadeiro sentido da tão conclamada democracia.

Meninha disse...

Mamãe não foi eleita, está na primeira página da globo.com, junto com a eleita (o) Leo Krete da Bahia. Miro: estes "nomes" são reais, existiram estes candidatos.

Judith disse...

Sou bastante solidária com os problemas daí. A região não merece, como não merece ninguém.

Mas como otimista incurável, penso que votar é como as demais atividades: só se aprende com a repetição.

Educação ajuda, mas olha lá em São Paulo um monte de gente votando ainda em Maluf.
Olha nos states o que elegeram por duas vezes, como se não bastasse uma.
Olha o desastre econômcgo universal que o energúmeno conseguiu.
E será que não tem mais cadeia para essa gente???
As eleições de lá são tão importantes que o mundo inteiro devia votar também.

Anônimo disse...

...deu pra ti, baixo astral, vou pra Porto Alegre, tchau.
Pablo Sales

Edu O. disse...

e isso me dá um medo!

Renata Belmonte disse...

Fiquei horrorizada com Leocrete! Segundo lugar? Nada contra travestis, mas é exatamente o que vc disse: tem que saber, propor algo mais. Que povo doido! Depois fica todo mundo reclamando...

Luli Facciolla disse...

Enquanto não aparecer alguém que mereça mesmo o meu voto, continuo anulando...
Ao menos não compactuo com coisas como os votos em Leo Krete...

Beijos

daniela disse...

Tio
Estou sem palavras até agora. Conte com a minha solidariedade. Bjs

Domingos da Paixão disse...

nossa eu tambem fui jacu, mas não me arrependo, o prefeito que foi reeleito só sabe fazer praças.

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas