quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Faustino


Nos anos 70 surgiu nos muros da cidade da Bahia, uma figuraça: Faustino. Sua vida, seus amores, tudo escancarado aos olhos de seus fãs. Herói udigrudi, fake, simpático, idealizado por milhares de pensamentos, ninguém jamais lhe viu a cara e todos lhe conheciam os hábitos. Numa época de escassos ídolos, Faustino surge para nos aliviar. Por pouco tempo, mas foi ótimo! Brincadeirinha alienante? talvez mas, e daí?
Eis algumas pérolas de sua "biografia":

FAUSTINO...

...USA PATA-PATA.

...FOI NOIVO DE LAURA LACERDA.

...USA CAPANGA.

...CHEIRA O FIO DENTAL DEPOIS DE USAR.

...USA PERFUME LANCASTER.

... É ESCRITURÁRIO DO INPS.

Quem conheceu Faustino? me ajudem a lembrar...




Magritte por lothar woller

11 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

> Faustino canta no coral da empresa.
> A irmã de Faustino vai com a amiga no banheiro.
PS: "tu crê"? no dia do lançamento do sal me convidaram para ir ao banheiro, respondi: - não sou irmã de Faustino.

Maria Paternostro disse...

Não conhecí Faustino ou não lembro.

miro paternostro disse...

postei uma coisa do mancha, o amigo do faustino. vá lá no meu...

aeronauta disse...

Gostei do "cheirar fio dental depois de usar". É a coisa mais nojenta que existe!

Luciano Fraga disse...

Bernardo, cheguei até aqui através do amigo Nelson M. Filho,lhe conhecia há anos quando morava em Taperoá , onde era funcionário da Opalma,não tivemos oportunidade de nos conhecer, visitei, gostei e vou voltar. Tenho também um blog- versoseperversos.blogspot.com se puder ir até lá, será um enorme prazer,grande abraço.

Fernanda Maria disse...

Conheci Faustino. Conheço o "dono" de Faustino, o artista plástico Miguel Cordeiro.
Bons e engraçados tempos, em que os muros da cidade falavam conosco. Bel Borba e seus mosaicos de rua é cria de Faustino. Magnífica lembrança.
um abraço
Fernanda

Marcus Gusmão disse...

Faustino também fazia xixi no box e dormia com a tia.

vera disse...

Lembrei de:
FAUSTINO USA CALÇA TOPEKA.
FAUTINO NAMORA COM BERDADETE QUE FAZ CURSO NORMAL NO ICEIA.
FAUTINO MORA COM A TIA.

vera disse...

digo:
BERNADETE

Nilson disse...

Lembrei de Cajá, um japonês genial do jornal da Bahia que fazia palíndromos. Um deles tava num muro do Rio Vermelho: Gil é Zelig. O outro: O sol é veloso.

Meninha disse...

Não é do meu tempo...

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas