sábado, 21 de março de 2009

Sobre cada um


NILSON


Poeta é fogo! conheço um no arriar das malas; neste caso, nas linhas e entrelinhas. Nunca soube escrever poesia, tenho medo delas; acho que é para poucos. Nilson me enche os olhos com sua poesia. Às vezes fico cabreiro porque nem sei o que dizer de poesias, nos comentários que poderia fazer aos textos de Nilson. Acho-as das mais perfeitas manifestações da vida em arte. Por isso meu medo delas. E ele não tem a menor cerimônia em escrever. Só faltava ligar o poeta a um físico.
Já vi várias fotos de Nilson em seu blogue. Teve uma que me chamou a atenção, melhor, duas, feitas com intervalo de alguns anos, com as mesmas pessoas, na mesma cena doméstica. Foi ali que vi que Nilson não mudou muito porque, apesar do tempo, como ele ainda continua muito jovem, a fisionomia não mudou. No encontro do lançamento dos Vestígios, assim que bati os olhos, reconheci: aquele é Nilson do Blag. Chegou quieto e saiu manso. Não sei se o clima do encontro provocou esta reação ou se o poeta é assim mesmo: quieto e manso. Moço com cara de menino. Poeta de mão cheia.
Agora que me deu coragem, faço um jogo de palavras com o poema que ele escreveu em sua ultima postagem. Perdão, poeta, por mexer em seus escritos. É só uma forma de aproximação.
Diz Nilson:

Vida curta,
quem sabe
despi-la?

eu responderia:
Despi-la.
Quem sabe?
a vida é curta.

foto de vera

8 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

aê bernardão. Gostei!
beijo de maria

aeronauta disse...

Como Nilson é suave, bonito!

Janaina Amado disse...

Nilson tem jeito de paz, não é?

Wagner Marques disse...

a vida é despimento total!

Renata Belmonte disse...

Nilson é um querido!
Bjs

Edu O. disse...

e eu triste pq não estarei aqui no "sobre cada um". perdi o encontro, a festa....

Nilson disse...

Ô Bernardo, que legal! Não só aceito como aplaudo o diálogo - quem disse que vc não tem jeito pra poesia? Mas é verdade, tem que ter a cara de pau! Quanto ao perfil, não é que tocaste na questão? Sou meio na minha, sim, mas não tanto: tava era "nelvoso" diante do primeiro contato com todos vocês!!! Eu me preparando pra contar isso no blog, e vc vem e aplica o olhar clínico. Fico feliz com a aproximação. Brigado, velho. Brigado, Maria, Aeronauta, Janaína, Renata. Adoro vocês!

Chorik disse...

Eita que não sou só eu que tem dificuldade de comentar Nilson! Saio do blogue dele sempre com o mesmo pensamento, de não comentar para não estragar. E quando encontrá-lo vou pedir prova de idade. Ou uma gota de sua poção da juventude.

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas