quarta-feira, 18 de março de 2009

e-amigos

da esquerda: marta, renata, eu, maria, miro, menina da ilha e marcus vinicius



da esquerda: marcus, nilson, renata, eu, maria e miro




Chegamos juntos, Vera, eu ( Noticias do Interior), Miro ( com seu novíssimo Be-a-Bah ) e Maria, a dos Continhos para cão dormir. Todos perguntaram por minha bengala, que não levei; mostrei-lhes minha labirintite. Papo com Aninha Franco, encontro com Marta ( Maria Muadiê). Vestígios nas mãos, invadimos a praia de RENATA (Vestígios da Senhorita B.). Linda, se levantou e escancarou seu prazer de nos ver. De longe, aceno da Personagem Principal. De longe. De perto, o susto: Menina da Ilha e seu Vinícius. Maria a reconheceu com um grito. Me trouxe um presente lindo para Iara. Mais simpatia, impussívil! Em dois minutos, todos muito intimos. Renata quase não larga da gente; a gente, também dela. Voltou para suas dedicatórias, com um olho nos amigos, outro no livro. Vamos lá pra dentro; chegam Marcus ( Licuri) e Nilson ( Blag ). Nove blogueiros no pedaço. Parece que todos nos emocionamos um pouco. Maria ficou nervosa, muito notada ( ah! como ela gosta!) de bengala e chapeau. Em dois minutos, todos íntimos. Ficamos até 23:30 às gargalhadas e saímos depois de Renata que foi direto pro aeroporto, ler uns troços na viagem e fazer uma prova em Sumpaulo. Tomara tenha se saído tão bem quanto em nos receber. Noite perfeita. Os e-amigos são um barato.

Outros textos virão deste encontro.

Nota da noite 1: a Aeronauta não foi. Miro acha que a moça de burca que circulou na livraria, era ela. A irmã jurou de pé junto que viajou. Ninguém acreditou.

Nota da noite 2: TODOS os outros companheiros foram lembrados, citados, devidamente brindados com coca cola.

fotos de vera

12 comentários:

Mãe de Iara disse...

Desculpem, mas este recado é para a Menina da Ilha !!! Como ela não tem mais blog e nem eu sei o seu e-mail, vou aproveitar o espaço !! (espero que ela leia)
Amei o lindo presente que vc deu a Iara. Muito obrigada pelo carinho e pelo trabalho que vc teve !!
Receba muitos beijos meus e de Iara

Renata Belmonte disse...

Que dia lindo! Maravilhoso! E vcs todos são incríveis, fiquei super emocionada! Obrigada, obrigada, obrigada! Esqueci o cabo USB da máquina em SSA, mas amanhã vou tentar outro jeito de colocar as fotos.
Bjs

Janaina Amado disse...

Ô Bernardo, que delícia de crônica, eu tava zoando pelos blogs baianos, atazanando todo mundo atrás da crônica. Beleza, você contou direitinho, revelou o clima, adorei ver a cara, o corpo e o jeito de todo mundo, deve ter sido mesmo uma delícia. Olhem, já temos, com o grupo ampliado, um outro encontro marcado: o lançamento do livro de Jacinta Passos. Combinado?
PS - aeronauta não foi? Como assim? E aquele leve vento sobre o bar?
Ass. - Jana, a sem-lançamento porém com-crônica

Marcus Gusmão disse...

Lamento dizer, doutor, que o chapéu de Maria não foi suficiente para vossa mercê. Mais eficientes foram minhas mãos cruzadas.
De fato, foi uma noite especial, o encontro dos que nunca se viram mas sempre se leram. Ou leram sobre, como foi o caso de Vera e Marcus Vinícius. Mais uns três lançamentos e as pessoas que vi abracei e beijei ontem pela primeira vez talvez sejam quase conhecidas de mim como as que leio desde há algum tempo. Insisto que são distintas. Mas gosto muito das ambas, múltiplas, que habitam em cada um de vocês.
Um dia,quem sabe, o encontro inclua também Chorik, Luli,Trasmonte, Aeronauta, a Mãe de Iara, Iara, Janaína e quem mais vier por aí nesta rede em que me deito e me balanço sem medo de ser feliz.
como diz Maria, beijo e abraço todos.

Maria Judith. disse...

queospariu!!!
Esqueci que era ontem. Na verdade pensei que era dia 27. Que vexame! Shame on me.
Perdi essa. Merdamerdamerda!!!
Estou toda atrapalhada, até hoje sem computador, que agora está lindo, limpo e 1 giga mais rápido.
Não sei onde é o giga, mas está funcionando, e acessei os blogs para dar uma olhada.
E fiquei com a cara no chão...

Meninadailha disse...

Bernardo, há muito tempo não tenho um encontro tão agradável. Saí de lá levíssima como se tivesse encontrado amigos de longas datas que não via há séculos.Vera é uma simpatia.
Mãe de Iara: Minha mãe quando costurava, dizia que sabia se uma pessoa tinha sorte ou não, pelo trabalho que a costura dava. Quando ela desmanchava mil vezes, levantava toda irritada chamando a pessoa de "pesada". Baseada nessa teoria, IARA é muito sortuda. Fiz tudinho de uma única vez, sem errar um pontinho (coisa raríssima de acontecer principalmente pelo pouquíssimo tempo e que por isso mesmo peço desculpas por pequenas imperfeições que seriam evitadas se tivesse mais tempo).Bjos para vocês duas também.

Renata Belmonte disse...

Vou aproveitar para mandar um recadinho para Menina da Ilha tb:
Amei vc ter ido! E como não autografei o livrinho do Vinícius na hora, mandei por Mayrant um especial para ele. Vocês são uns queridos, muito obrigada por terem ido! Senti falta de sua irmã, mas já escrevi para ela.
Bjs

aeronauta disse...

Puxa, e pensar que estive lá: na primeira fotografia estou entre minha irmã e meu sobrinho (ele não desgruda de mim!). Que festa linda!

Nilson disse...

Massa! Pena eu e Marcus termos chegado mais tarde e desencontrado com Marta. Que bom ter encontrado vocês. Essa rede de e-amigos é uma experiência e tanto: sinceramente, tô besta com a materialização de nossas personas virtuais. Embora entenda um pouco a Aeronauta - não sei se passa exatamente por aí no caso dela, mas confesso que deu um nelvoso brabo na hora de falar com todos vocês em carne e osso!!!

Meninha disse...

Só tenho uma coisa a dizer: QUE INVEJA!

Chorik disse...

A vontade de ter estado ali fisicamente com todos vocês só perde para a satisfação de ter estado em pensamento. Dia virá e os verei a todos, nervosamente como o Nilson. Vocês já são absolutamente essenciais em minha vida. Beijos a todos.

maria guimarães sampaio disse...

Demorei de entrar nos blogs para ler sobre nossa noite merveiê e ainda não consegui escrever por conta que capoto um pouco quando perco um caro colega. Este se foi naquela noite. Melhoro. Escreverei.
beijos

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas