segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Bon bini *


















* Benvindo!
Ano passado nesta mesma época, estava num dilema terrível: onde torrar dinheiro? Eu e Vera decidimos que todo ano devíamos fazer uma viagem. Levante a mão quem não gosta de viajar. Se alguem arribou o braço, vaia nele! A gente fica, então futucando a internet atrás de promoções e com paciência a gente termina encontrando umas massas. Foi o que fizemos. O desejo era ver Paris, nem que depois a gente morresse. Fizemos as contas e não achamos de bom tom gastar muito e ver pouco com a grana que dispunhamos; projeto adiado. Temos milhagem pra percorrer qualquer pais da America do Sul mas a gente queria mesmo uma praia, muita praia. Pesquisamos, pesquisamos e achamos: de avião até Santiago, (com as milhas), de lá para o Taiti, via Ilha de Páscoa. Ah, o Taiti...fizemos todos os planos e roteiros: Taiti, Moorea, Bora Bora. E tome a olhar fotos na net. Que lugar! quanto mais víamos mais tinhamos vontade de ver. Varamos madrugada olhando, mar azul, pesquisando, mar azul, onde ficar, mar azul, o que comprar. De repente a conclusão: enjoamos de tanto mar azul e pra comprar só achamos uns califons de coco! Não vou deixar minha senhora desfilando por alí naquelas enjoadas praias alvíssimas, com os peitos sobrando nos cocos. Taiti, não. Onde ir? Aruba? e lá fomos nós. Depois de sermos tratados como inimigos em Bogotá, sendo revistados três vezes, chegamos ao paraiso.
Aruba é do tamanho de Itaparica, com mais de 300 hotéis, uma estrutura formidável, e um povo muito, muito agradável, com uma lingua, o papiamento, engraçadíssima, uma mistura de inglês, francês, holandês, espanhol e português. Todo mundo termina se entendendo. Vera se esbaldou: praia e compras. Eu, nem tanto. Voltei sem saber a temperatura da água e comprei uma camisa Havai 5-0. Por que não tomei banho de mar? o Caribe foi feito pra se olhar; pra tomar banho, temos o Morro de S. Paulo. Lá sopra uma cruviana 24 horas, sempre na mesma direção. As árvores são tortinhas pro outro lado. Tem um buzu de grátis. Adorei tudo mas no mar só molhei os pés. Tabaréu no Caribe...

Blog também é cultura. Se for à Aruba, saiba ao menos:

-"Bon Tardi, kon ta bai?" Boa tarde, como vai?

-"Mi ta bon, danki." Eu vou vem, obrigado.

-"Pasa un bon dia" Tenha um bom dia
.
fotos de bernardo e vera em aruba: vera e cristina japa

11 comentários:

miro paternostro disse...

adorei, a lingua é uma maravilha até um pouquinho de alemão tem!

fofoca disse...

Que lugar lindo!
Lendo, fiquei me imaginando neste lugar maravilhoso. Eu amo viajar e se eu pudesse e meu dinheiro desse...

Mãe de Iara disse...

Pq Deus não me fez rica "invés de lindia" !! Mas sinceramente, prefiro Taiti... e pqp... não tomar um banho naquele mar azul aquarela.. vc é muito tabaréu meu pai. Pois eu tomei banho no Canal da Mancha e no Meditarrâneo (tudo bem que eu quase congelei).. sei lá quando é que eu vou poder voltar lá !!

Renata Belmonte disse...

Que lindos! Vou colocar umas fotos da minha última viagem! Viajo todo ano tb, senão piro! E que bebê linda essa da foto!
Bj

Janaina Amado disse...

Me deu uma vontade de viajar...

aeronauta disse...

Bernardo e suas notícias do exterior!
P.S.: Carlos Barbosa está A-DO-RAN-DO o "Morte Abjeta"! Me telefonou hoje se acabando de rir com a história da véia ousada (no hospital)!

maria guimarães sampaio disse...

Primaldo, apoio totalmente! Nada de ficar se banhando em praia alheia. Eu fiz pior, olhei de cima e de longe lindas praias africanas do oceano índico.

vera disse...

Vc é muito doidinho e Maria ainda da "ozadia" quando diz que nada de ficar se banhando na praia alheia.A foto do amor,aquela que todo mundo tira no mar ,com cara de casalfelizquenuncabrigou teve que ser uma "montage",ja que ele se recusou entrar no mar.
O que ele não diz ,é que a viagem foi totalmente custeada com o rendimento das aplicaçãoes da venda da biboca.

Maria Judith. disse...

Vocês estão o máximo nessa foto. Verinha impagável, sorriso a cara dela, e vc exibindo, orgulhoso, sua "senhôra"...
Tabaréu!

Meninha disse...

Amei! Vocêdescreve tudo de uma maneira que me senti lá com vocês... mas eu entraria no mar!

Renata Belmonte disse...

Smelly Cat é um clássico da minha adolescência! Chegava do estágio e ia correndo ver Friends(minha babá fazia milk shake de chocolate para eu ficar ainda mais feliz). Depois do episódio, sempre ligava para Eva(Vilda), minha melhor amiga.
Ah, que saudade desse tempo!
Bjs

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas