domingo, 13 de julho de 2008

Tiro pra cima e tapa em rapariga

Foto de Bernardo, Aruba 2007


Dia mais feliz! Acordo tarde - coisa rara, abro a janela e o sol me dá uma porrada nos peitos. Céu sem uma nuvem e um frio de doer o pâncreas. Recebo logo cedinho três ligações de Vera. Pra quem não sabe, moramos em casas separadas, cidades separadas. E somos casadíssimos! Ela me sopra:"-abra seu blog!". Quiuspariu!...me deparo com uma declaração de amor. Bom a gente receber uma declaração de amor de quem a gente ama também. Faz um comentário muito lindo que devia estar no blog de Maria, sobre cães. Ela é assim, surpreendente; pena que tenha preguiça de escrever...inda bem não tem preguiça de telefonar. Peraí, viu neguinha? fim de semana vem aí. Te pego de jeito.

4 comentários:

Maria Paternostro disse...

Passei aqui de novo, lí as declarações de amor nos tempos dos blogs, achei muito legal e tô indo. Bjs

vera disse...

Fiquei tão emocionada,que não consegui escrever nada.Recebi um telefonema da companheira Miri,que ao perceber minha emoção e que era de felicidade,partiu da sua casa com o companheiro Leto com os flütt (aqueles que trouxemos pra ela da europa ,no colo)e uma garrafa de JURUBEBA LEÃO DO NORTE(que não sei de onde encontraram ,porém mantenho a compulsão-aprendida com tia mariana do Guloso- sempre que pronuncio seu nome remete imediatamente o gesto de pousar os dedos perpendicularmente sobre o hipocondrio direito e realizando movimento descendente como se estivesse levando algo para baixo simultaneamente inclinando levemente o corpo a direita sem esquecer de afirmar "QUE É BOM PROS FIGOS") e comemoramos minha satisfação e felicidade com duas pequeninas doses.
flütt e jurubeba leão do norte(repetindo o gesto e frase!)pra comemorar algo,só mesmo a companheira mirilene(com i pelamordedeus)bjos

maria guimarães sampaio disse...

continuo gostanto do batebola cheio de amor. Vale, vale, vale comadre e compadre!

Maíra disse...

Pai, sempre soube (e sou testemunha) do amor de você e Verinha. Mas agora tenho uma prova por escrito deste romance e posso dizer em alto e bom som - Essa mulé te ama de verdade!!!!
Depois que li a famosa declaração de amor, fique imaginando VERA LUCIA PIRES DE CARVALHO, na sua oligofrenia crônica para assuntos informáticos, fazendo um novo e-mail, depois quebrando a cabeça para escrever o nome do site (vi pessoalmente vc soletrando para ela ao telefone, desistiu e mandou Nana ensiná-la) e para terminar ter que descobrir quais as letras da verificação de palavras pra mandar o comentário!!! Ela deve ter ficado mais exausta do que uma semana inteira de trabalho !!!
Sabe, quando eu crescer quero ter um amor igualzinho!!

Um beijo grande meu e de Iara

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas