quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Atlas


Ricife, bairro de Boa Viagem, Rua Padre Caradebuceta ( favor ler postagem anterior). Toda hora que saía do prédio em que estava hospedado nesse endereço, dava de cara com a escultura mostrada na foto. É uma angústia que me dá!... Nem questiono a arte em si mas a realidade que mostra!... Fiquei olhando, olhando, tentando saber o porque da angústia. É porque o cara é careca? é pelo peso do trambolho? são as mãos agarradas, crispadas de dor? é porque o bagulhão todo está bem em cima dos ovos? acho que é tudo isso e mais a idéia de que ele vai ficar ali, naquela situação, para todo o sempre!
Não sei se moraria num prédio com uma escultura dessa bem na porta da frente. Mesmo abrindo mão de morar num endereço tão simpático.


foto de bernardo, em 29.11.09. recife.

8 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

mais que tudo, creio, a angústia vem de uma escultura FEIA. lolosa papainoel

Chorik disse...

Não será homenagem ao operário acidentado?

Gerana Damulakis disse...

Nossa, creio que eu não moraria aí. Sabemos que arte é arte, mas no meu humilde conceito sobre arte está, antes de mais nada, o poder de encantar. Pode até chocar, mas através do encantamento. Esta estátua não encanta nem...

I.Moniz Pacheco disse...

Acredito que sua angústia vem do poder que esta escultura teve em mexer com voce! A arte também choca o espectador com a força da mensagem, seja ela bela ou feia.

Nilson disse...

É um Atlas em posição muito mais estranha. O original carrega o mundo nas costas. Esse, sustenta o prédio no bilau. Sinal dos tempos???

Lidi disse...

Angustiante mesmo! Abração.

aeronauta disse...

Ô rapaz, não aguento mais ver esse homem entalado. Escreva novo post, rápido!

Ricardo Dib disse...

Parece um culto ao sofrimento. Oxe!

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas