quarta-feira, 14 de julho de 2010

Le 14 juillet


Allons enfants de la patrie
le jour de gloire est arrivé
Contre nous de la tyrannie
l' étandard sanglant est levé, (bis)
Entendez-vous dans les campagnes
Mugir ces féroces soldats
Ils viennent jusque dans vos bras
Egorger vos fils, vos campagnes!
Aux armes, citoyens,
Formez vos bataillons,
Marchons, marchons
Qu'un sang impur
Abreuve nos sillons!
Se eu fosse cara de pau, gravava um video cantando o hino pra todo mundo ver que eu sei. Todinho. Ensinei a todos meus filhos e Iara em breve saberá. Acho bárbaro esse hino! E aprendi graças a minha querida professora de Francês no Severino Vieira, Noêmia Rêgo, a quem o espírito desalmado dos estudantes alcunhou de Madame Calamité. Uma abnegada. Exigente, colocava um lápis na boca do aluno e retirava, ordenando que o sujeito mantivesse o biquinho para bem pronunciar o terrível "u".
Estou de viagem marcada para Paris dia 9 de setembro; fui fazer uma revisão do francês e, pasmem, com o que aprendi no Severino e um pouco mais na Casa da França, juro que não passarei fome, nem vou dormir na rua. Francês macarrônico, mas francês!
Au revoir.
P.S.: a letra do hino acima, escrevi de uma sentada, depois fui conferir e só precisei trocar um "a" por um "e" aqui e ali.
A bientôt.

7 comentários:

- Luli Facciolla - disse...

Eu não aprendi frances na escola mas gostaria!
Minha mãe e tia sabem cantar este hino também! Eu sei os pedacinhos por causa delas!
Está na minha agenda 2010/2011: aprender frances e italiano!

Beijo

Gerana Damulakis disse...

B: não tenho simpatia por hino que não seja o meu.Bem brasileira.

Chorik disse...

Em francês só canto aquela do alouette, gentile alouette, e isso por causa do "le cou". Coisas de garoto bobo.
Bon voyage, monsieur Bernardô. Eu não supunha que por essas veias corresse sangue da Gália.

aeronauta disse...

Francês é a língua mais bela do mundo... E esse hino é tão bonito, toca tão fundo.

I.Moniz Pacheco disse...

Não nascí para falar francês, mas acho a língua charmosa e o hino bonito. Só aceito a gravação se for dvd!
Boa viagem, mas ainda nos falaremos muito antes disso.

Nilson disse...

Nunca aprendi francês, acho massa a sonoridade. Quanto ao hino, fiquei assobiando hoje o dia todo, depois de ouvir no rádio. Deu pra sacar parte da letra. E pra me arrepiar com o que sugere esse verso: "Qu'un sang impur". Dá o mote pra todo tipo de maluco idealista. Mas, enfim: é a revolução, pois, pois!!!

Lua disse...

Alors, mon cher, tres bon voyage pour vous!! E obrigada por ter me ensinado esse hino maravilhoso, até hj sei ele todinho, e espero um dia ensiná-lo a Chicão! bjs

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas