segunda-feira, 26 de julho de 2010

Felipe Barrichello e Rubens Massa

Reluto em admitir que já gostei muito de corrida de carros, da Formula 1. Acompanhei o "Rato" Fittipaldi, Carlos Pace e Airton Senna mas gostava mesmo do bad boy Nelson Piquet. Este dava tudo que a gente esperava dele: corria muito, guiava demais, jogava carro de inimigo fora da pista e se nego desse mole, saía na mão dando porrada. Ainda por cima, pegava mulé, pilotava o próprio avião e morava num puta iate ancorado em Mônaco. Fazia tudo isso por nós, no lugar da gente. Depois da morte de Senna e da aposentadoria de Piquet, tudo ficou sem graça. Rubinho nunca deu a menor alegria e a esperança voltou com o baixinho Felipe Massa e Nelsinho, o filho, que, mal entrou, saiu pela porta dos fundos.
Depois que Rubinho fez uma lambança entregando uma vitória pro alemão, seu companheiro, desisti de vez. Fiquei com vergonha. Vez em quando passava o rabo de olho pra ver se o baixinho tava dando no couro. Passei a ver as largadas e chegadas, momentos mais empolgantes, mesmo com alemães vencendo. Pois ontem vi que Massa ia ganhar. No final, o que ele fez? a mesma lambança do pé-de-chinelo mais velho: entregou pro espanhol. De Rubinho pra Massa. Acho que a idéia passou pela mola que o primeiro largou e acertou uma traulitada na cabeça do outro. Nunca mais o juizo do Baixinho foi o mesmo, tive a certeza quando vi a foto dele na hora do acidente ( acima ). E o Baixinho saiu desta ultima corrida, menor do que nunca.
Acabou de vez meu tempo na Formula 1.
Vou mudar de canal e dar uma espiadinha em Helinho Castroneves na Indy.

foto da web, sem crédito

9 comentários:

Chorik disse...

Eu não perdia uma corrida. Hoje nem sei quem lidera o campeonato. Elas estão chatas, quase sem ultrapassagem e, quando há, é por conta dessa marmelada. Domingo de manhã eu agora durmo.

Gerana Damulakis disse...

Para mim está sendo como para Chorik: o encantamento pelas corridas se perdeu.

Edu O. disse...

Sempre preferi Piquet também e esses meninos... tudo por dinheiro.

Marcus Gusmão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcus Gusmão disse...

"Fazia tudo isso por nós, no lugar da gente" e "Acho que a idéia passou pela mola que o primeiro largou.." valem por uma largada com batida e uma ultrapassagem honesta, duas das coisas que eu mais gostava.

Maria Muadiê disse...

é feio mesmo, covarde.

Maria Muadiê disse...

guitsié feio mesmo, covarde.

I.Moniz Pacheco disse...

Adoro esportes de modo geral, mas a F1 sempre esteve entre os preferidos. Sou "viúva" de Senna e de lá prá cá, também quase não assisto. Depois dessas marmeladas, tô fora. Mas ainda acho que vai haver alguma punição, tipo, excluí-los do resultado dessa corrida.

Renata (impermeável a) disse...

é uma escolha simples. E ele fez a dele, ser milionário.... Idiotas somos nós que ainda façamos escolhas utopicas.

Ele nao existe para mim.... ele que faça bons passeios nas ferraris e nos deixe em paz

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas