quarta-feira, 21 de abril de 2010

A palavra é: (VI) pra não confundir Chorik


Parece que não terei mais sossego, pegou mesmo esse negócio das pessoas me mandarem palavras atrás de verbetes. Perigas mesmo rolar um dicionário muito próprio. Hoje chegaram mais:

de Judith: EFEMÉRIDE. Uma espécie de libélula hermafrodita e, como tal, extremamente autosuficiente em tudo na vida. Nasce só, rompendo o casulo com os dentes. Sim, tem dentes! Vive só, jamais sendo vista em companhia de outro da mesma espécie. Por conta dos mistérios da natureza, e apesar de não precisar de ninguem pra se reproduzir, tem intensa atividade sexual com as SÍLFIDES, que morrem logo após o orgasmo de quarenta minutos ininterruptos. Este encontro só se realiza num único dia: 29 de fevereiro. A natureza é sábia: gozo assim, só de 4 em 4 anos mesmo. Reproduzem-se encostando a ponta do rabo ( órgão sexual masculino) na própria boca (órgão sexual feminino). Quem viu o ato pela primeira vez, apelidou as EFEMÉRIDES de Lambe-bunda. Santa ignorância!...


gravura em pt.dreamstime.com

8 comentários:

Gerana Damulakis disse...

Talvez seja o mais divertido, adorei! Adoro quando há uma pimentinha nos verbetes.

Edu O. disse...

Ta com a corda toda, hein Doutor?

a palavra de verificação hj é: CUBTALTI achei relação com as efemérides

Janaina Amado disse...

Tá cheio de lambe-bundas ops!efemérides aqui na orla. Adorei.

Nilson disse...

Se me permite, e se a série ainda continua: que diabo mesmo é a tal de cornucópia??? (Palavra de verificação: acints!)

I.Moniz Pacheco disse...

A melhor de todas, sem dúvidas.
Mas agora voce me deixou confusa, não tenho certeza se quero ser uma sílfide ou uma efeméride!
Quadrinha da infância:
Voce diz que sabe tudo
vagalume sabe mais
vagalume acende a bunda
coisa que voce não faz.
Lá vai uma: Metalinguagem (diga se não foi boa?). Palavra que os artistas adoram usar!
Palavra de hoje: reile

aeronauta disse...

Que criatividade! Engraçadíssimo. Não pare não.

Chorik disse...

Obrigado pela parte que me toca. Perigava mesmo eu pensar no verbo ver, e agora seria uma palavra de fato. Malditos romanos... grrr
Palavrinha de hoje... tramil

Anônimo disse...

Tá com corda toda !Trilegal!
bjos
Vera

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas