segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Aviso aos navegantes!




Estou na área, no mar, bem no olho da baía de Camamu. Navegando numa lancha rápida. Podia ser um saveiro, uma lancha pô-pô-pô mas é uma lanchinha veloz pra cacete. Não rasga o mar, toca as cristas das ondinhas, balançando um pouco o meu buchão, prontamente servindo de apoio aos braços. Tem uma água de coco a bordo, singelo agrado do proprietário. Primeiro, no rio Acaraí, não há tombos. Deslize no espelho d'água, fazendo curvas, seguindo o canal. Primeira parada: Ilha Grande. Alguém aí conhece? A igrejinha dá as boas vindas. Segunda parada: Cajaíba, povoado com um numero enorme de estaleiros, de onde saem barcos, escunas, lanchas, encomendadas de todo país. Estou trabalhando.
Desde que anunciei que assumiria a Secretaria de Saúde de Camamu, muitos, todos me desejaram felicidades. Pois seus votos pegaram. Esta viagem é de trabalho. Sério! São duas Unidades de Saúde que foram visitadas e já saíram na prancha de reforma/recuperação/reequipamento. Trabalho duro. E que não me venha seu Celso Chorik reclamar que meu trabalho é mais moleza que o seu. Né moleza nada. A paisagem é que não é igual. Eu já fui a Sampa, adoro Sampa mas fui, vi e voltei. Escolhi Camamu pra trabalhar.
Uma vez por mês, farei supervisão àquelas Unidades, para acompanhar a realização dos serviços.

(Bocejos!...) estou insuportável!..
.
fotos de bernardo: baía, ilha grande e cajaíba.

16 comentários:

valter ferraz disse...

Bernardo,
taqueupariu!
E tem gente que reclama da vida, ô raça!
Parabéns pela disposição, doutor
Abraço forte

Serena Flor disse...

Trabalhar em um lugar assim deve dar gosto...rsrs
Um grande beijo e ótimo dia pra você!

Meninha disse...

Que inveja... parabéns, você merece!

Chorik disse...

Não vou falar nada disso não seo dotô. Acho que seu trabalho é duro mesmo, duro de acreditar que seja trabalho. Mas se o dotô tá dizendo, a gente aceita.
Psiu, caiu um lenço aqui, acaso não precisa de um ajudante em Camamu? rs

Lua disse...

Só não é mais duro que o meu! hehhehe bj

Lua disse...

Por sinal essa foto com o porquinho foi tirada nas Abóboras, zona rural de camamu.O porquinho era tão dócil que parecia um cão, chegava perto e deitava pra ganhar cafuné. Fiquei fã.Ah! E essa área que tu foi hj era onde eu atendia tb. Ilha, cajaiba...

Renata Belmonte disse...

Que chato, né? E eu nesse lugar cinza...
Bjs

Marcus Gusmão disse...

Ilha Grande é aquela em que fizeram um imenso buraco para arrancar barita? Estive lá duas vezes a trabalho também, para vender o peixe do governo que fazia inaugurações. Uma delas o cordão era tão grande que o pequeno cais recém-inaugurado não aguentou e afundou. Gosto demais da Baía de Camamu. Acampei por lá com Soraya no reveilon de 94 e planejamos andar de Barra Grande até Itacaré no Verão seguinte. Só que além de planejar a viagem a gente também não planejou Luísa.. que nasceu em setembro. Babau caminhada...

Marcus Gusmão disse...

Esqueci de dar os parabéns pelo trabalho. Jogue duro, doutor. Aquele povo lhe merece.

Mãe de Iara disse...

Antipático

Renata Belmonte disse...

Você tem razão, Bernardo.
Bjs

Ricardo Dib disse...

O trabalho pode ser duro, mas o ambiente compensa.

Bom trabalho.
Abraço!

Edu O. disse...

Doutor, vc deu na cara de todos nós.

Janaina Amado disse...

Secretária dos Truques tem direito a lancha rápida também?

aeronauta disse...

poético trabalho

Luciano Fraga disse...

Uma maravilha, inspire-se bastante, abraço.

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas