terça-feira, 30 de junho de 2009

Espantalho




Nas minhas idas e vindas diárias a Valença, me chamava a atenção este troço aí em cima, localizado numa pequena roça em Cajaíba. É, sem dúvida alguma, um espantalho. Eu é que fiquei espantado com o inusitado e inovado objeto. Gostei do troço. Tenho uma inclinação pelo kitsch e este, se supera. Tem uma boneca de plástico, dois sapatos, um chapéu, quatro garrafas e uma sacola. Parei o carro no pseudacostamento apontei o celular e o dono do pedaço apareceu.
-"É o que, moço?"
- "Nada", respondi, "só achei bonito e resolvi fazer uma foto".
-"Só que tá todo mundo gostando tanto que resolvi pedir um ajutório de 5 real por foto".
Recolhi a máquina.
-"Olhando bem, não está tão bonito assim...Bom dia."
Antigamente, quando ainda éramos todos lindos, se usava penico e chifre de boi pra espantar no roçado. E os donos não cobravam. Mudou o espantalho, mudou o dono, eu mudei. Acho que só o espantalho mudou pra melhor.

foto de bernardo em 30.06.09

14 comentários:

Lidi disse...

É, se eu tivesse de pagar "5 real por foto", também não iria achar tão bonito assim não! :)

Adoro teu blog, Bernardo!
Já falei isso, né? Abraço.

Viviane Costa disse...

Só agora vi a foto de sua netinha. Muito linda de matutinha. :)
Beijo.

Chorik disse...

Aquilo não era então um espantalho. Era quase o oposto, um atraidor de otário. Como o doutor não é, espantou-se.

maria guimarães sampaio disse...

De minha janela a fotografar um carrinho de mão com uma montanha de troços e o catador trabalhando no latão do lixo. Fiz de conta que não ouvi: "colé, ó essa máquina aê!" e eu nas fotos. "pó pará, pó pará aÊ" Como ele me descobriu no sétimo andar, "noite alta céu risonho" sem flash?

Nilson disse...

A mudernidade é um espanto, sêo dotô!!!

Luli Facciolla disse...

Vixe...

Renata Belmonte disse...

hahahaha! 5 reais? Francamente!
bjs

Flamarion Silva disse...

Muito boa sua crônica. Espantalho lindo! O espírito capitalista, no pior sentido - não conheço outro - chegou à roça.
Bernardo, obrigado pelo comentário que fez ao meu conto lá no blogue da Gerana. Foi uma satisfação saber que ele te fez bem.
Abraço.

Janaina Amado disse...

Amei o espantalho!

Ricardo Dib disse...

5 paus por uma foto de um espantalho subangado??
E você nem mandou o cara enfiar o espantalho no c...

Abraço.

Anônimo disse...

Rapaz, isto não é um espantalho, é uma instalação. E o cara, um artista.

aeronauta disse...

Concordo com o anônimo acima: é uma instalação. Bela demais!

Juan Trasmonte disse...

Bernardo, houve uma época, no final dos noventa em que extendeu-se em Buenos Aires uma lenda popular que dizia que garrafa de plástico cheia d'água na árvore, espantava cachorro que ia fazer xixi.
Aí de repente, a charmosa Buenos Aires estava cheia dessas garrafas horríveis encostadas nas árvores. Até que a mídia começou a noticiar que isso n$ao fazia efeito nenhum em cachorro apertado. Então, os cidadãos desenganados começaram a retirar as garrafas.
Abraços

Marcus Gusmão disse...

O anônimo aí de cima sou eu.

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas