terça-feira, 21 de abril de 2009

Valsalva-me Jesus!


Hoje tomei o lugar do outro. Fui ao médico por absoluta pressão da família. Explico: minha tontura não me abandonou nem um segundo sequer e mudou de estilo: ela agora aparece quando faço qualquer esforço com aumento da pressão intratorácica: uma tosse, um espirro, nem pum me garante. Outro fato decisivo foi uma desorientação que sofri em Buenos Aires: fiquei quase uma hora perdido entre quatro ruas que já conhecia bem, como um portenho. Pirei.

Vim pra Bahia me consultar. Procurei um neurologista por conta da desorientação. Um menino me atendeu e gostei dele de cara: Dr. Luis Soeiro. Atencioso, firme, me tranquilizou em parte, apesar de achar que os sintomas tem fundo neurológico, sim. Manobra de Valsalva*, me lembrou, a tontura que sobrevem ao esforço. Não claudico quando deambulo, mas não posso soltar um pum sem cair, é uma tristeza.

Me medicou pra tontice, recomendou outra viagem ( pode até ser Buenos Aires, ele próprio recém chegado de lá) e solicitou uma Ressonância Magnética da cabeça. Farei. Ela pode identificar alguma alteração, um AVC transitório, um alemão se mudando pra lá. Felizmente não mostra minha alma, meu medo de morrer, meu desejo de ir à Paris em vez de Buenos Aires, minha vontade de soltar puns e mais puns sem ver o mundo rodando enlouquecido...
* soprar com a boca e o nariz tapados
foto de ressonancia magnética, sem autoria.

10 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

Tomara que achem algo e tratem... ni mim, não acharam aí tacham de maluca. Malucos somos todos. E vamos zanzar e zabiapungar por aí.

Lua disse...

hehehhehe!!

aeronauta disse...

Só você mesmo, Bernardo, consegue escrever sobre qualquer assunto sem perder a graça, a leveza, a delicadeza.

Renata Belmonte disse...

Poucos tem o seu talento e humor. Torcendo por vc.
Bjs

Meninha disse...

Acho que é a PVC chegando...

maria guimarães sampaio disse...

Agora me dê notícias de mesmo. "Como vai você eu preciso saber da sua vida"
Beijos, câmbio!
---
as letras de hoje? shibbyu (gostou?)

Chorik disse...

Estou com Maria. Achem algo logo e tratem. Até porque pum é para tontear os outros...

Marcus Gusmão disse...

Estava com ar pensativo diante da caixa de comentário, quando André notou e perguntou: o que foi? Estou pensando o que escrever. Quando ele soube do problema sugeriu um texto: tome muito remédio. É isso doutor. Tome muito remédio e fique bom!

Ricardo Dib disse...

Então solte logo um monte puns!
Peide, doutor!
Quem sabe essa seja a cura! hehe!

Brincadeiras à parte, saúde e que tudo dê certo.

Abraço.

Nilson disse...

Vc precisa voltar a peidar sem pejo. Peidar é um direito garantido pela Constituição!!! Sem brincadeiras, que o exame dê o mesmo diagnóstico de Maria: maluquice!

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas