terça-feira, 7 de abril de 2009

CHEGUEI !

Eu, Nana e Pierre Verger, em B.Aires


Aprendi com a prima a chamar odisséia de diocese. Apois, meu fim-de-viagem foi uma diocese!!! Só foi uma aporrinhaçãozinha pra ter mais assunto, além do que serviu mais uma vez pra provar da amizade dos e-amigos. Foi uma rede rápida de solidariedade que se instalou: Juan em B.A., Renata em S.P. e a renca de cá todinha se mobilizando pra encontrar Vera. Marcus até falou com minha sogra, arriscando a própria vida.


Assim se sucedeu: ao pagar as contas do Hotel, o motorista da van enviada pela companhia de turismo, prontificou-se a carregar as malas do salão até o carro. Ficou todo mundo olhando aliviado, afinal ninguem pegou peso e não é todo dia que se vê um argentino servindo a gente ( o que se provaria depois que los pampas é mais embaixo). No aeroporto corri pra ajudar a tirar as malas e dei por falta da minha, uma mochila pequena de carregar nas costas, cheinha de roupa suja e lembrancinhas para Iara, além do passaporte, meu celular poderoso com todas as fotos da viagem, inclusive com Juan, afinal. Necas! enquanto aturdidos, nos acusávamos pelo mole, o motorista saiu de fininho e escafedeu-se pampas arriba. Para siempre. O resto, vocês sabem. Fiquei sozinho correndo atrás da Embaixada que estava fechada, do Consulado que me atendeu muito bem, do policial que babava de ódio "ustedes brasileños tenen que vir con un interprete; non tengo obligación de hablar portugues!"ou alguma coisa assim. Mas tudo deu certo. Mais certo de tudo foi o apoio de Juan Trasmonte. Claro que o proximo post será o Sobre Cada Um dedicado a Juan. Vocês vão adorar Juan tanto quanto eu. Juan, o maior de todos os argentinos.
foto de vera

2 comentários:

Chorik disse...

São e salvo! Ufa! Seremos os blogueiros predestinados a vivenciarmos fortes emoções só para poder descrevê-las? Começo a ficar ressabiado. Enfim, Marcus, pelo visto, foi o grande herói. Ri muito de sua desgraça, já confessei ao padre. Dez pai nossos e vinte ave-marias foi a penitência. Abraços

maria guimarães sampaio disse...

Primo, me certifico... tenho um sexto sentido. Não foi a tôa que me peguei de amizade com Juan.
Bejitos Marya

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas