domingo, 20 de setembro de 2009

Domingão


  • Me arranquei tarde da cama, arrastei até a sala achando que ia morrer de preguiça. Vera, que é mais animada do que coceira, me intimou a caminhar na praia. Eu fui. Pra que? Piatã, a ex-praia dos caminhoneiros, atual praia dos pagodeiros. O guardador de carro pede 5,0 adiantado. Nem com a porra! Dou um e quando voltar, só pra não ter o carro arranhado. Cada barraca tenta fazer seu "som" sobressair sobre os outros. Acho que a música é a mesma, só muda o "arranjo". Maré seca, campo de baba. Primeiro campo: Com camisa X Sem Camisa; placar de baba: 12 x 8. Salvavidas atentos, as bandeiras vermelhas e todos no mar, inclusive as crianças, algumas longe dos pais. Gente pra caralho, são 10:30 h. As areias marrons ( quem disse que são brancas?) encardidas, socadas. Frescobol. Um capoeirista se exibe. Um menino passa chupando um palito, o sorvete escorrendo até o cotovelo, um colar de umbu com areia até o umbigo; a mãe passa bronzeador num pitibói e se derrete toda. Muitos caminham, como nós. Ah! um som mais legal! vem da barraca dos jurados do campeonato de surfe. Taí uma meninada bonita! Dois km, as costas doem. Terceira Ponte, o esgoto corre, o bodum sobe. Dois km de volta. O sol está quente e eu não estou mais acostumado. A nada disso.

    Quem tem Morro de S. Paulo, que diabo vai fazer ali?

    Com a praia lotada, entendi que eu é que estou por fora. Pra quem gosta, é um prato cheio! Com dendê. E alguma frutarosca.


    foto:bahiatursa.gov.br

12 comentários:

Gerana D disse...

Por essas e outras, eu lá não vou há um tempão.

Marcus Gusmão disse...

Foi um típico dia de Verão embora no calendário ainda estejamos no inverno.
Passamos por vocês, no engarrafamento em direção à praia de Aleluia, um condomínio fechado,loteado pelas barracas, ocupado até o talo... fomos a contragosto, de motorista de Luísa, que ia encontar duas colegas. Entregamos a passageira VIP e voltamos eu e Soraya para a areia, programa econômico, com as coisas ali nas pedras mesmo. Pelo menos os meninos se divertiram.
Mas você não tem só Morro, tem Pratigi e Barra do Serinhaém também... aí é covardia.

Mãe de Iara disse...

Je suis désolé, sorry, mi spiace, lo siento, het spijt me, es tut mir Leid, jag är ledsen ! Traduzindo.. sinto muito por vc véio !
Meu fim de semana aqui no Morro foi m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o !! Fizeram dias liiinnddoooossss, o mar estava transparente, o céu azul celeste sem uma nuvem... e a praia deserta, só eu,Iara e Tati esticadas na areia branquinha, brincando de fazer bolo !!
Se Deus é brasileiro, ele tira férias por aqui !!
Bjs de saudades !!

Nílson disse...

Já é verão, sem dúvida! E da próxima, tente Pedra do Sal. Tenho ido lá, é mais tranquilo.

maria guimarães sampaio disse...

Mas nem com um cheque do tamanho do mundo eu iria. Se nem ao morro eu já não vou desde que o Morro deixou de ser o Morro só com a prainha.
Aliás, sobre qualquer praia: "dee lá eu viria se lá estivesse"

Edu O. disse...

Fora a fruaroska, to fora!

Lua disse...

The vision from hell!!!

Viviane Costa disse...

Aff, olhando por esse ângulo, até posso agradecer a Deus minha virose, mas costumo ir a praias mais distantes (uma vez ao ano, geralmente no meu pico de estresse) já pra evitar essa bagaceira que vc descreveu. E, até em Morro, gosto mesmo é da quarta praia. Adorei seu texto! Deu pra visualizar bem um show de horror, rs. Consolo bom. Bjs.

Ricardo Dib disse...

Realmente, pra quem tem Morro de São Paulo, Piatã não dá mais.

Abraço.

I.Moniz Pacheco disse...

Rapá, não dispenso a praia, moro em Stella e posso ir a pé. Mas, normalmente vou todos os dias durante a semana - um paraíso, e aos sábados vou tomar banho de barraca à tarde.
Não recomendo esse passeio que voce fez. É a treva!

Renata Belmonte disse...

E eu, que nunca gostei de praia, apesar de ter sempre morado perto de uma, começo a sentir falta da possibilidade de dias de sol e de mergulhos felizes e míticos.(rs)
Bjs, primo!
Super saudades de vcs!

Eliana Mara Chiossi disse...

Como dizia uma personagem de uma novela:
"É A TREVA".
Ouvi falar que vão "asfaltar" Morro, é verdade?
É a visão do Inferno, Bernardo, e você, sempre, cronista dos bons.

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas