sábado, 2 de janeiro de 2010

Ano Novo ( ? )


Pronto! Cá estamos em 2010 e nada de mais aconteceu, ou melhor, tudo de mais continua a acontecer, ignorando galhardamente a " mudança de ano". Há apenas vendedores de fogos mais ricos, algumas pessoas putas porque não acertaram a Mega Sena, outros felizes porque na festa descolou alguem, muitos arrasados com as mortes em Angra dos Reis. 2010 tem alguma coisa a ver com estes fatos ou acontecem porque as pessoas teimam em fazer de conta que é uma data especial e se entopem de birita, dirigem bêbados, enforcam o trabalho, ou torram dinheiro? Olhem pra cima: o céu continua o mesmo - pra alguns, está caindo mais água do que o normal, mas não acontece há mais de um mês? as estradas que nos levam de volta pra casa são as mesmas - com mais bêbados, repito; segunda feira todo mundo tem de estar no mesmo batente -sendo que muitos nem batente continuam a ter para sentar e, depois de quinta, vai ter mais uma sexta feira pra se tentar a Mega Sena - desta vez menor, ao menos provoca menos fantasias Megalomaníacas ou ganância. Lembremos que os Orfanatos continuam cheios, as águas cada vez mais contaminadas, o Bahia tem um campeonato pela frente e eu estou ficando cada vez mais chato com estas estórias. Em todo caso, vamos cuidar da vida.


foto do tudomaisblog2.wordpress.com

10 comentários:

Gerana Damulakis disse...

Não achei chato, não. Achei uma ótima avaliação.

maria guimarães sampaio disse...

Não tem chatice certa. Você é o tal.
----
a palavra de hoje não é palavra!
--------
Beijos da primalda
------
tá rendo? nem acertei veio outra pior: wailishl

maria guimarães sampaio disse...

em compensação vejo ali "tracks" que lembra "bufas"...

Lidi disse...

Que chato nada, você é realista.
Abração, Bernardo.

aeronauta disse...

Continue "chato" assim, vou adorar.

Janaina Amado disse...

Um abraço de agradecimento pelos seus últimos comentários lá no blog.
Pronto! As festas de fim de ano já passaram. Pode relaxar.

Nílson disse...

Você é o meu pastor: passei o reveião longe de festa e sem um pingo de vontade de ir lá dar uma espiada, como já aconteceu muito. Grande mestre Bernardo!

I.Moniz Pacheco disse...

Passei o reveião na mesma barraca de praia que frequento há 19 anos e do jeito que gosto: sandalinha de dedo, vestidão folgado, cerveja gelada, e o melhor: parentes amados que não via há dois anos. Ví os fogos do hotel de luxo ao lado, muita gente jogando presentes para a dona do mar,enfim, tudo igual ao de sempre.
Mas, foi bom, porque negar?
Voce não é chato!

Luli Facciolla disse...

Isso aí, vamos cuidar da vida!
E aí, viu as orquídeas? Ou sumiram com elas?
Mando mais assim que achar no mato. Se Saci não se incomodar com tanta saída...

Beijo

Edu O. disse...

to puto mesmo pq perdi a Mega Sena e queria so pra mim, mas é verdade que nada de mais aconteceu.

xeudizer:

anotações livres, leves, soltas